+5545998463858
contato@domiciliado.com.br

Biografia de Elias Nunes

Adequando Empresas para a Lei LGPD.

Biografia de Elias Nunes

BioGrafia de Elias Nunes Domiciliado

Nome: Elias Nunes venho de Família Humilde,

Entrei na escola com 07 anos de idade, sempre fui mal visto por minhas professoras por fazer perguntas demais, e por muitas das vezes elas não ter respostas, e assim muitas delas passaram a não gostar de mim. Abandonei a escola aos 13 anos, pois as professoras não tinham o que me ensinar e não tinha motivos para me segurar na escola, uma vez que elas não tinham resposta para as perguntas, mas nunca parei de estudar e ler muito,

Então aos 17 anos já tinha vários projetos como motor movido a imã, bicicleta com câmbio automático, máquina de fazer água, mais alguns outros… Aos 18 anos já era pai de dois filhos, sendo o Carlos Daniel o meu primogênito. E também tive uma linda filha chamada Andressa e Depois aos 21 já tinha três Filhos que também tive a Vanessa a Sapeca.

Devido meu espírito questionador, sempre amei Física e Química.  Estudei muito sobre estruturas atômicas e sempre fascinado por química mesmo sem faculdades participei de encontros na ITAIPU BINACIONAL e palestras de Astronomia. Voltei à escola aos 25 anos e terminei o ensino fundamental por meio de provas, em 2014 fiz o ENCEJA para concluir o ensino médio.

Tive vários empreendimentos na tentativa e erro. Um deles atuei no ramo de consertos de eletrodomésticos. Em 2012 tive uma separação e fui embora para Balneário Comburiu em Santa Catarina. Tive outra esposa que por fim me ajudou muito na fundação da empresa World Net, que por fim tive que vender, para pagar dívidas, hoje tem 39 anos e estou lançando o Sistema Domiciliado, O único Sistema de segurança de Dados Digital do Brasil.

No ano de 2013 quando foi negado o direito de fazer o Pré-natal de minha esposa quando suspeitou de estar grávida, por não ter uma conta de Luz, Água, Telefone Etc… Em seu Nome:

Foi aí que fiquei pensando se este documento é obrigatório porque o governo não disponibiliza uma forma de atender esta necessidade?

Então tive que pegar a conta de luz do proprietário da casa, tive que ir com ele fazer uma declaração onde ele assinou que eu morava no endereço, e assim voltamos ao posto de saúde e ainda foi negado por não conter o nome de minha esposa, então tive que com esta declaração fazer outra no nome de minha esposa, pois não éramos casados no papel.

Então fiquei com isso na cabeça, pois tanto transtorno por causa de um simples documento.

E passei a perceber que este documento não era tão simples assim.

Foi aí que passei a imaginar um sistema onde as pessoas pudessem fazer o cadastro e imprimir seu comprovante de residência e que este seja reconhecido por todo o Brasil como Comprovante de Residência Padrão. Já que em alguns lugares pedem uma conta de luz outro pede fatura de água outro pede uma correspondência, passei a perceber que não avia uma regulamentação sobre este documento.

Então eu nesta época era dono de uma empresa de internet gratuita em Balneário Comburiu e logo após as eleições passei entrar em crise, e tive que vender a empresa e ir embora para o Paraná cidade Ramilândia com menos de cinco mil habitantes.

E passei a desenhar este projeto e escrever as programações, e buscando formas de fazer com que este sistema ficasse confiável e com mecanismos de pesquisa de veracidade da informação digitada por seu usuário e dar garantias as empresas que o requereu.

Então em fevereiro de 2014 publiquei o sistema, mas estava um pouco estranho e no final do ano de 2014 contratei uma empresa para desenvolver o sistema para min.

Então em fevereiro de 2015 já estava atualizado com nova aparência e com mecanismos mais funcionais e muito mais leves.

Nos dias da publicação da atualização, encontrei na internet a lei 7115/83 que eu não a conhecia então vi que já havia uma lei que tornava o projeto Domiciliado um sistema legal e já previsto em lei. Então comecei a luta para registrar o Sistema Domiciliado e o nome Comprovante de Residência.

Porem nos registros de marcas e patentes fora negado por ser um nome popular e de situação governamental, resolvi entrar na justiça para ter o direto de registrar este nome. E agora em 2019 no mês de abril, recebi a notícia que eu havia ganhado o direito de registrar o nome Comprovante de Residência Individual.

Hoje estou buscando parcerias com empresas para torná-lo conhecido e assim iniciar atualizações onde será implantado várias ferramentas importantes para as empresas brasileiras. Venha ser um parceiro na Startup Sistema de Segurança de Dados Digital Domiciliado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *